Manual da Cafeicutura Sustentável
Manual de Cafeicultura Sustentável
PDF Imprimir

Mensagem da Diretoria

"Desenvolvimento sustentável" já se tornou uma expressão bastante usual nos dias de hoje. Não se trata de modismo, tampouco de algo passageiro. Trata-se, sim, de uma exigência enfatizada cada vez mais pelos consumidores em todo o mundo. A Cooxupé, empresa atuante no cenário da cafeicultura mundial, trabalha há tempos na coleta de informações e procedimentos exigidos para que esta atividade seja praticada de forma sustentável, tendo como referência os princípios do ISO14001.

Share |
 
Conservando o solo
PDF Imprimir

O solo é a base da produção agrícola. Conservá-lo e enriquecê-lo é assegurar a continuidade do nosso negócio. Uma série de ações é recomendada para garantir sua plena utilização e conservação. A erosão é a principal causadora de perdas e degradação do solo. Algumas ações, simples e de fácil aplicação, são importantes para prevenir ou diminuir os efeitos negativos da erosão:


  • Plantio em curva de nível e utilização de terraços de base larga;
  • Utilização adequada de implementos visando a mínima movimentação de terra;
  • Utilização de herbicidas pós-emergentes, já que o manejo de coberturas mortas protege o solo;
  • Culturas intercalares, preferencialmente com leguminosos, utilizadas como adubo verde, formando barreiras que limitam o arrastamento do solo;
  • Subsolagem e sulcamento em nível, por ocasião do plantio;
  • Utilização de canais escoadores e caixas de retenção para drenagem e captação do excesso de água das lavouras;
  • Conservação e recuperação das matas ciliares.

Share |
 
Como praticar a Biodiversidade
PDF Imprimir

De uma maneira bastante simples, biodiversidade nada mais é que "o conjunto de todas as espécies de seres vivos existentes em uma região". Os seres vivos são representados pelos animais, plantas e microorganismos fungos, bactérias e vermes como, por exemplo, os nematóides). A agressão progressiva às formas de vida existentes no planeta deve ser uma preocupação não só de ambientalistas mas, especialmente, do produtor rural.

Share |
 
Falando do Social
PDF Imprimir

Entende-se por responsabilidade social o respeito devido pelo produtor à sua força de trabalho, representada por trabalhadores rurais residentes, volantes parceiros ou meeiros. A relação do produtor com sua força de trabalho deve nortear-se pelo total cumprimento das leis trabalhistas, remuneração justa e oferecimento de moradia digna, acesso à educação, saúde, recreação e boas condições de trabalho. Práticas de boa gestão dos recursos humanos são fundamentais para a produtividade e rentabilidade da atividade agrícola e são obtidas pela obediência aos seguintes princípios:

 

Share |
 
Como alcançar a rentabilidade
PDF Imprimir

O produtor rural explora uma atividade que exige investimentos financeiros e plena dedicação. Assegurar a sua sobrevivência financeira e o merecido conforto a seus familiares e gerações futuras, são desafios permanentes. Esses desafios serão vencidos desde que o produtor rural adote boas práticas em sua propriedade; tenha um bom controle dos gastos, evitando desperdícios; faça previsões de suas receitas para execução dos investimentos necessários. Importante destacar que todos esses fatores gerenciais têm que ser atendidos simultaneamente às boas práticas que preservem o solo, a água e a qualidade do ar que respiramos. Solo, água e ar são elementos essenciais e devem ser carinhosamente preservados para que o produtor rural possa continuar sua nobre missão de produzir alimentos, energia, manter empregos e divisas para o país.

Praticando a cafeicultura sustentável, agregamos valor à propriedade; obtemos maiores rentabilidades; conquistamos melhor qualidade de vida e o que é mais importante: preservamos o nosso precioso planeta.

 

Share |
 
Aproveitando melhor a Água
PDF Imprimir

A boa, racional e planejada utilização da água é definida pela adoção de procedimentos simples e estão ao alcance de todos os produtores. A proteção de nascentes e mananciais é uma ação básica para assegurar o suprimento de água na propriedade agrícola. A cobertura vegetal dos solos e a conservação das matas ciliares, junto aos mananciais e nascentes, são vitais para a preservação desse bem precioso e cada vez mais escasso chamado água. Respeitar para ser respeitado: esta é uma regra básica a ser observada na utilização de aguadas e córregos existentes em nossas propriedades. Todo proprietário deve levar em conta que a utilização racional dessas águas é fundamental para a sobrevivência de seu negócio. Sempre é importante lembrar que a água é um bem precioso cada vez mais escasso e não renovável. Sua utilização responsável é, pois, um fator preponderante na sustentabilidade de uma propriedade rural.

Share |
 

Tempo de Execucao: 0.0001 segundos. Start: 1398076161.8682 segundos. Finish: 2.0027160644531E-5 segundos.